quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Núcleo Voluntários de Piracicaba leva árvore da paz para São Paulo

   Após participar das comemorações pelo centenário do plantio da árvore Sapucaia, em Piracicaba, o Núcleo Voluntários de Piracicaba, através de seu vice-presidente Ten. PM André Manoel da Silva, teve a ideia de levar duas mudas da árvore para São Paulo. A intenção era plantar a "Árvore da Paz" no 1º. Batalhão da Polícia Ambiental de São Paulo, no bairro Casa Verde, capital paulista, propagando a iniciativa de Antonio Capranico que, no final de 1918, plantou uma muda da árvore simbolizando o fim do primeiro conflito mundial, ou seja, a Primeira Guerra Mundial, em busca da união e da paz dos povos. Houve solicitação de mudas pelo Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba à Sedema (Secretaria Municipal de Defesa do Meio-Ambiente), prontamente atendida. A entrega ocorreu no final de novembro de 2018, 


Acima, a presidente do IHGP, professora Valdiza Maria Capranico, explica aos representantes da Polícia Militar Ambiental, a história do ditado "macaco velho não põe a mão em cumbuca". Isso, porque a Sapucaia, após 180 anos de plantio dá frutos do tamanho de um côco verde e, dentro, diversas sementes que atraem a curiosidade de macacos jovens, os quais enfiam a mão na cumbuca e ficam com ela presa em seu interior.



Acima, momento do transporte das duas mudas de Sapucaia para São Paulo em viatura da PM Ambiental.

Nenhum comentário: