domingo, 11 de setembro de 2016

Redação Evelaine de Aguiar Justino

O Núcleo MMDC Voluntários de Piracicaba em conjunto com a Diretoria Regional de Educação - Secretaria Estadual de Educação realizou concurso nas escolas de Piracicaba e escolheu duas redações sobre o 9 de Julho. A segunda escolhida foi a escrita pela aluna da Escola Estadual Dr. Jorge Coury, Evelaine de Aguiar Justino, que recebeu o diploma abaixo.



Porque hoje todo 9 de Julho é feriado no estado de São Paulo? 

    No dia 9 de Julho, São Paulo comemora a Revolução Costitucionalista de 1932. A data, transformada em feriado civil em 1997, marcou o início de um dos principais episódios da história do estado. Sua importância está evidente em toda a cidade: duas avenidas carregam nomes que remetem à revolta (9 de Julho e 23 de Maio) e monumentos como o Obelisco do Ibirapuera prestam homenagens aos mártires da chamada “Guerra Paulista”.
    Antes do golpe de Estado que colocou Vargas no poder, em 1930, o Brasil era regido pela “política do café com leite”, pela qual as oligarquias de São Paulo e Minas Gerais revezavam na presidência do País.
    Quando assumiu, o gaúcho Vargas nomeou interventores nos Estados. Os paulistas não aceitaram um interventor de fora de São Paulo e se rebelaram contra os novos rumos da política brasileira.
    A revolução foi um levante armado da população de São Paulo que, entre os meses de Julho e Outubro combateu as tropas do governo federal. O levante é chamado de “constitucionalista”. Porque São Paulo pedia a promulgação de uma nova constituição federal.
    A empreitada militar paulista foi mal sucedida: as tropas do estado perderam a guerra, sufocadas pela superioridade numérica e técnica do exército brasileiro. Mas, sua luta não foi completamente em vão: dois anos depois, em 1934, o governo central promulgava uma nova constituição, mostrando que a revolta conseguira, mesmo que tardiamente, atingir seu principal objetivo declarado.

Evelaine de Aguiar Justino
9º ano
EE “Dr Jorge Coury”
   
(texto digitado na integra, conforme identidade do aluno)

Nenhum comentário: