segunda-feira, 30 de junho de 2014

XV recebe Medalha Constitucionalista





   O Esporte Clube XV de Novembro de Piracicaba receberá a Medalha e Diploma Constitucionalista outorgado pela Sociedade de Veteranos MMDC do Estado de São Paulo. A entrega ocorrerá em solenidade agendada para 7 de julho, segunda-feira, antevéspera do feriado estadual em memória à Revolução Constitucionalista de 1932, às 15 horas na Sala de Imprensa do Estádio Barão da Serra Negra. A Medalha e o Diploma são registrados no setor de honrarias da Casa Civil do Estado de São Paulo.
   A iniciativa surgiu do Núcleo MMDC Voluntários de Piracicaba em razão do centenário do alvinegro piracicabano e também pelo empenho do time durante a Revolução de 1932. O jornalista Edson Rontani Júnior, presidente do Núcleo, lembra que, então com 19 anos de fundação, o XV de Novembro doou todos seus troféus e medalhas para a causa constitucionalista. Na época, com o embargo do governo federal ao estado de São Paulo, bens como ferro e aço eram coletados da população para serem transformados em material de auxílio aos combatentes que se movimentaram conta o governo Getúlio Vargas. Assim, as medalhas e troféus, junto a outros itens doados pela população, foram transformados em canecas para saciar a sede dos combatentes, ou em capacete de proteção e até mesmo para a confecção de armamentos e munições.
   Segundo o historiador Rocha Netto no livro “A História do XV”, “todos os clubes da cidade, desde o 28 de Setembro, ao São João, Independência, Palestra, Sucrerie e outros, passando pelo Luiz de Queiróz e pelo grande XV de Novembro, enviaram seus jogadores para as trincheiras, onde todos eles mostraram a sua perícia em campos diversos. O XV, além de ceder apreciável número de atletas e dirigentes, resolveu também aliar-se à grande luta, fornecendo, no dia 17 de setembro de 1932, ao M.M.D.C., de todo o seu acervo esportivo, representado por taças de prata, de folhas, de medalhas, estatuetas etc., para a campanha "OURO PARA SÃO PAULO".
   Além disso, o alvinegro também cedeu jogadores que compuseram o “Batalhão Desportivo” que se apresentaram no campo do São Paulo F.C. situado então no Floresta Antiga, capital paulista. Deste os combatentes esportistas estavam o ala-esquerdo Francisco de Godoy (campeão do interior de 1931), Antonio Leme e Geraldo Toledo.
   A solenidade será acompanhada por representantes da imprensa, esportistas, autoridades militares e convidados.


sábado, 28 de junho de 2014

João Manoel dos Santos



João Manoel dos Santos, o João Manoel, também foi homenageado com a Medalha MMDC pelo Núcleo Voluntários de Piracicaba. Ele nasceu em Novo Cruzeiro, M.G., em 21 de fevereiro de 1943. É o atual presidente da Câmara de Vereadores de Piracicaba. Está em seu sétimo mandato na Câmara. É sindicalista, casado e tem o ensino médio completo. É filiado ao PTB, partido que apoiou o prefeito eleito Gabriel Ferrato (PSDB). Nos dois últimos anos da legislatura 2009-2012, integrou a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento da Câmara, da qual foi membro. Também ocupou a presidência da Mesa Diretora entre 2011 e 2012 e a vice-presidência entre 2009 e 2010. Autor de mais de 6 mil proposituras na Câmara de Vereadores. Na Presidência da Câmara faz gestão financeira com austeridade. Suas contas foram todas aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado.

terça-feira, 17 de junho de 2014

Egydio João Tisiani


Egydio João Tisiani (fundador do Núcleo Voluntários de Piracicaba), Ana Theresa Prado e Edson Rontani Júnior



EGYDIO JOÃO TISIANI nasceu em Elias Fausto, S.P. em 28 de junho de 1954. É filho de Egydio Tisiani e Nair Rodrigues Gonçalves Tisiani. Formado em Gestão em Administração de Empresas é 2º Tenente da Reserva do Quadro de Oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Ingressou na Polícia Militar do Estado de São Paulo como Aluno Oficial em 21 de maio de 1973, realizando o Curso de Formação de Oficiais da Academia de Polícia Militar do Barro Branco, o qual concluiu em 1977, sendo então declarado Aspirante-a-Oficial com elogios em seu assentamento individual. Neto de ex-combatente da Revolução Constitucionalista de 1932 – o Capitão da Força Pública do Estado de São Paulo João Rodrigues Gonçalves. Em 22 de outubro de 2011 fundou ‘Voluntários Paulistas de Piracicaba”, Núcleo de Correspondência da Sociedade Veteranos de 32/MMDC no município de Piracicaba. Recebeu a Medalha e Diploma MMDC em maio de 2013, através do Núcleo Voluntários de Piracicaba.

sábado, 14 de junho de 2014

Edson Rontani Júnior

O vereador Pedro Luiz da Cruz e Edson Rontani Júnior


Edson Rontani Júnior recebeu a Medalha e Diploma MMDC na cidade de São Pedro, através do Núcleo José Augusto Frota Escobar, presidido pelo professor João Francisco de Aguiar. Rontani é jornalista formado pela Universidade Metodista de Piracicaba e pós-graduado em Jornalismo Contemporâneo. É radialista profissional tendo passagens pela Rádio Difusora F.M. e pela Central Difusora de Jornalismo A.M., ambas de Piracicaba. Coordenou o departamento de jornalismo da Rádio Alvorada A.M., Piracicaba. Atua como empresário na área de comunicação social através da ERJ Comunicações, fundada em 1994, prestando serviços para a área odontológica. É membro do Clube dos Escritores de Piracicaba e conselheiro do Instituto Histórico e Pedagógico de Piracicaba. É o atual presidente do Núcleo de Correspondência Voluntários de Piracicaba, da Sociedade MMDC.

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Iscar Antonio Bressan




Iscar Antonio Bressan é nascido em Piracicaba. Foi um dos combatentes na Revolução de 1932. Nasceu em 13 de junho de 1913, numa casa situada na rua Moraes Barros, perto da Igreja Bom Jesus do Monte. Filho de e Emílio Bressan e Beatriz Rensi. Alistou-se como voluntário, com apenas 19 anos, para combater no Vale do Paraíba. Ele lembra que na época fazia o Tiro de Guerra quando embarcou para São Paulo junto aos membros da Força Pública. Foi um importante membro do almoxarifado fornecendo armas e munições aos voluntários que combatiam as forças públicas. Foi casado com Rosa Bressan e teve uma filha, Joanna D'arc Bressan Benatti, ambas falecidas.Recebeu a Medalha e Diploma MMDC do Núcleo Voluntários de Piracicaba em 9 de julho de 2013, durante solenidade comemorativa aos 82 anos da Revolução. Faleceu em Piracicaba, aos 100 anos, em 19 de agosto de 2013. Era filho de Bressan Emílio e Beatriz Rensi.


Chamada de capa do Jornal de Piracicaba publicada meses antes do falecimento de Iscar Bressan.