sábado, 7 de julho de 2012

DOS LIVROS E REVISTAS INDICADOS PARA LEITURA SOBRE A REVOLUÇÃO DE 32

O Livro A Revolução de 32 de Hernâni Donato de 1982 da Editora do Círculo do Livro/Abril S.A.que trás consigo a curiosa carta elaborada por J. Washt Rodrigues, além de precioso testemunho geográfico-histórico de São Paulo - 1932, tornou-se um dos símbolos da revolução focando as três frentes de batalhas.

O Livro Cruzes Paulistas da Empresa Gráfica da "Revista dos Tribunais" de 1936 contém 516 páginas trás 634 biografias de todos que tombaram, em 1932, pela glória de servir São Paulo com o objetivo de contribuir para a história de um episódio que encheu de orgulho o povo paulista e, prestar um preito de gratidão aos heróis que encontraram morte sublime nos vários campos de luta, iluminados pelo ideal que animou a grande jornada.


Capa e contra-capa da Revista Brasil Histórico da Editora Minuano muito bem organizada relata fatos importantes da Revolução Constitucionalista de 1932






A Revista Veja São Paulo por Roberto Pompeu de Toledo - edição de 4 de julho de 2012
1932 Imagens de uma Revolução de Marco Antonio Villa

A Epopea de Áureo de Almeida Camargo

Capacetes de Aço de Samuel Baccarat

Revolução Constitucionalista de Marcos Aurélio Pereira

1932 Corações Partidos de Nelson Câmara

A Faculdade de Direito e a Revolução de 32 da Faculdade de Direito da USP



















Nenhum comentário: